in

5 objetos que seu cachorro não deve comer nunca; o 4º é muito comum, mas fatal

Comunidade Animal

Criar um animal de estimação não é uma tarefa fácil. É preciso estar preparado para retribuir todo o carinho e felicidade que esses bichinhos trazem para a vida de uma pessoa. Com cachorros, o desafio é equilibrar segurança e espaço para eles brincarem e crescerem livres e alegres.

Nessa missão de proporcionar espaço, um descuido e o cãozinho pode tentar ingerir algum objeto que faz muito mal a sua saúde. Em alguns casos, o final trágico acaba sendo inevitável. Assim, confira cinco objetos que precisam estar longe de seu melhor amigo de quatro patas!

1. Moedas

Se eles não se engasgarem, considere uma primeira vitória. Contudo, ao serem ingeridas, o zinco contido na moeda é muito tóxico para cães e gatos. Então, nunca deixe moedinhas em locais em que o animalzinho consiga alcançar. 

2. Carregador de celular 

Os cabos dos carregadores podem emaranhar no estômago e no intestino, assim, torna-se uma trabalheira enorme para tirar. Em alguns casos, é preciso cirurgia para a retirada do objeto. 

3. Chupetas 

Muitas pessoas dão chupetas para cachorros, pois, além de engraçadinho, ainda pode acalmar o bichinho (como acalma as crianças). Contudo, por ser de um material emborrachado, as chupetas não saem de dentro deles com facilidade.

4. Meias 

Provavelmente o objeto mais comum entre os cães. A paixão por meias atinge a maioria dos animais de estimação, mas o que elas têm de facilidade para entrar, também têm dificuldade para sair. Um cãozinho dinamarquês chegou a ser operado por ter 43 meias eu sua barriguinha. Assim, se o problema não for resolvido com intervenção cirúrgica, pode ser fatal.

5. Pedras 

Sabe aquele quintal decorado com pedrinhas coloridas em casa? Esse é um risco para seu cão! Assim como os objetos anteriores, a pedra é difícil de ser digerida e ainda pode machucar o animalzinho enquanto passa pelo seu corpo.

Written by Mayra Michel

Jornalista por formação e vocação. Apaixonada pelos desafios da escrita e pelo aprendizado diário do Português. Na caminhada da Comunicação desde 2004, ainda tem muito o que viver nessa profissão que "quem conhece, não esquece jamais" (sim, sou mineira!).

Saiba qual a diferença entre voto nulo e branco; se forem a maioria terá nova eleição?

6 coisas que podem mudar a cor dos seus olhos