in

Filho consegue reverter demência da mãe apenas com uma dieta especial

Cura pela Natureza

Em dezembro de 2016, Mark Hatzer recebeu um diagnóstico terrível: sua mãe estava com Alzheimer. Ele sentiu o golpe. A doença evoluiu rapidamente e sua mãe, Sylvia, parou de reconhecer o filho.

Mark seguiu todas as recomendações médicas, o que é fundamental em qualquer doença, mas decidiu também apostar em uma dieta rica em frutas vermelhas e verduras.

Ele garante que atingiu grandes resultados desde que começou a controlar a dieta da mãe, que voltou a reconhecer seu filho. Mark usou uma lógica importante diante de qualquer doença: a dieta faria mal para a mãe? Como a resposta era não, ele decidiu apostar.

A dieta que Mark adotou para sua mãe foi o consumo de frutas vermelhas e roxas, como morangos, amoras e mirtilo. Essas frutas são ricas em flavonoides, que possuem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. O mirtilo, de acordo com pesquisadores, pode ativar parte do cérebro.

Também adotou vegetais com folhas verdes, como espinafre e couve, que contém altos níveis de antioxidantes. Segundo a Alzheimer’s Society, da Inglaterra, alto nível de antioxidante pode ajudar na proteção contra alguns dos danos nas células cerebrais.

batata-doce e cenoura também faziam parte da alimentação de Sylvia. Ricos em betacaroteno, esses alimentos podem beneficar a memória e o cérebro.

Alimentos açucarados, bebidas industrializadas, fast food e frituras foram eliminados da dieta. Estes alimentos não bons para a saúde de qualquer pessoa e devem ser evitados ao máximo.

Apesar da melhora, o Alzheimer ainda não tem cura e os pacientes devem seguir todas as recomendações médicas.

Written by Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Se você tem mais de 40 anos, essa receita vai fazer suas rugas desaparecerem

Dieta do recomeço: em três dias você vai perder peso e desintoxicar