in

Depressão: aprenda a reconhecer a doença do século e salve vidas

Agência Nacional de Saúde

Falta de energia, cansaço constante e desinteresse em realizar atividades que antes eram executadas com prazer podem indicar depressão. Além disso, pode ocorrer perda de peso sem motivo aparente e a insônia, devido a diminuição da serotonina, hormônio responsável pelo prazer e o bem-estar.

Sintomas experimentados por mais de duas semanas podem ser sinais de depressão, sendo de extrema importância consultar um psiquiatra para dar inicio ao tratamento. Na maioria dos casos, antidepressivos, ansiolíticos e sessões de psicoterapia com um psicólogo recuperaram e evitam recaídas.

É importante conhecer os sintomas da doença. Muitas vezes é difícil para o paciente reconhecer a doença em si mesmo e procurar ajuda. É nesse momento que entra a importância de que os familiares tenham consciência de que, sim, a depressão existe e que vencer a doença se torna muito mais fácil quando o paciente tem o apoio de quem ama. Aprenda a reconhecer a depressão:

1. Perda de energia e cansaço constante

Perda de energia e o desinteresse por atividades que antes eram interessantes podem indicar depressão. Além disso, nota-se falta de motivação para cozinhar, trabalhar ou executar qualquer atividade em que haja a socialização.

2. Sensação de tristeza profunda

A sensação de tristeza fora do comum manifesta-se através de um rosto triste, olhos caídos, sem brilho e corpo curvado. Crises de choro são frequentes, prevalecendo sempre o pessimismo, sentimentos de culpa, baixa autoestima e, devido a esta última, o sentimento de inutilidade toma conta, desencadeando o isolamento social. Em casos mais graves, são comuns pensamentos suicidas.

3. Irritabilidade ou lentidão

É comum que a pessoa depressiva se irrite com facilidade. Podem ocorrer ataques de raiva e ansiedade, causando sintomas como tremores, gritos e suores de forma exagerada.

No entanto, devido ao cansaço frequente e tristeza profunda, pode-se apresentar lentificação que afeta o pesamento e a fala.

4. Dores no corpo

Devido às noites mal dormidas e às alterações do humor, podem acontecer fortes dores de cabeça. Também é frequente queda de cabelo, unhas fracas, pernas inchadas e dor nas costas e estômago.

5. Insônia e alterações de peso

É comum que a pessoa depressiva tenha insônia. Acorda de madrugada e não volta a dormir. Geralmente a falta de sono vem acompanhada de muito cansaço e mal-estar.

Além disso, outro sintoma físico é a perda de mais de 5% do peso corporal e em alguns casos, pode ocorrer aumento. Sempre sem razão aparente.

Written by Higor Mendes

Corretor de Imóveis, cursou até o 3º semestre de Engenharia de Pesca na Universidade Federal Rural da Amazônia e atualmente é graduando em História na UNP. Apaixonado por História da Segunda Guerra Mundial, Política, Futebol e curiosidades em geral.

5 perguntas para fazer a si mesma antes de perdoar uma traição

Escolha uma chave magica e aprenda um pouco mais sobre você