in

E se a moda pega?! Vestido calcula quantas apalpadas uma mulher leva na balada

Infelizmente o assédio sexual contra as mulheres acontece em todo o mundo. Diariamente, há relatos sobre tal prática, que em muitos países é considerado crime. Um local propício para esta atitude covarde e machista é a balada e nunca se falou tanto em assédio como em 2018.

Por mais que se fale sobre o assédio, muitas pessoas acreditam que não passa de um ‘mimimi’ e colocam a culpa inclusive nas mulheres e em seu vestuário. Diante deste cenário foi criada uma peça de roupa especial com o intuito de provar que não existe desculpas cabíveis para um ato tão desprezível.

Se a moda pega? Vestido calcula quantas apalpadas uma mulher recebe na balada; veja

O vestido foi idealizado e criado pela agência de publicidade Ogilvy para uma campanha especial da marca de bebidas Shweppes, produzida pela Coca-Cola Company. De acordo com o portal de notícias Mega Curioso, os vestidos inteligentes possuem sensores de toques por todo o tecido e entre as costuras, e foram capazes de detectar as vezes que ela foi tocada durante uma balada.

A tecnologia empregada nos vestido foi capaz de mostrar, em tempo real, a quantidade de vezes que cada uma das 3 mulheres foram apalpadas durante as 4 horas na qual elas estiveram no evento.

Nas 4 horas do teste, ao menos 157 apalpadas sem consentimento foram detectadas por esses sensores – uma média de 40 por hora! Um absurdo, concorda? Sabe onde este teste foi realizado? No Brasil! veja o vídeo da campanha:

Infelizmente, este tipo de atitude está arraigado na cultura machista no Brasil e nos mais diversos países do mundo.

Written by Fabiana Batista Santos

Redatora Web há 5 anos. Prezo por desenvolver conteúdo de qualidade para levar informações úteis e pertinentes ao maior número de pessoas possível. Especialista em TV e Famosos, entretenimento, curiosidades, notícias do Brasil e mundo, decoração, saúde, entre outros.

Mulher planeja teste de fidelidade para o namorado e resultado choca a todos; assista

Saiba o que significa a continência que Jair Bolsonaro insiste em prestar