in

Nove milhões de pessoas pelo mundo tem HIV e não sabem; aponta OMS

Arte/AEP

Causador da Aids, o HIV é uma infecção sexualmente transmissível ou também contraída por contato com sangue infectado. No mês em que acontece mobilização na luta contra a Aids, tendo completado 30 anos em 1 de dezembro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou dados importantes em relação a saúde da população mundial quanto a doença.

Um levantamento feito pela Nações Unidas de combate ao HIV/Aids (Unaids), apontou que em todo o globo há mais de 9,4 milhões de pessoas que não sabem que estão infectadas pelo vírus.

O relatório conclui também que o número de pessoas com HIV em todo o mundo é o maior da história. São 37 milhões de cidadãos com a doença. No ano passado, 75% da população acometida ao HIV sabiam da carga viral – sendo que 58,6% delas passaram por terapia antirretroviral.

O alerta maior fica no leste da Europa. Em 2017 surgiram cerca de 159.420 novos casos. Neste ano, um documento elaborado pela Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (CEPCD) em parceria com a OMS na região coletou novos dados e descobriu que em 2018 já foram identificados 130.861 casos.

HIV no Brasil

O Ministério da Saúde apresentou os dados referentes ao ano passado, onde apontou o registro de 866 mil pessoas com a doença. Do número total, 731 mil pessoas foram diagnosticadas, sendo que 548 mil estavam em tratamento antirretroviral.

Até setembro deste ano, o Ministério confirmou que 585 mil pessoas estavam passando por tratamento. O órgão estipula que até 2020 toda a população que tenha a doença seja diagnosticada. Do número apresentado acima, é previsto que 90% destas pessoas estejam em tratamento e cheguem a alcançar a carga viral indetectável.

Menino escreve carta para seu pai que foi morar no ‘céu’ e recebe resposta comovente

Filtros solares com cor é solução para proteção contra luz de escritório e câncer de pele