in

Filtros solares com cor é solução para proteção contra luz de escritório e câncer de pele

Emdep

O verão está chegando e as empresas de cosméticos já lançaram produtos que prometem revolucionar a beleza, mas acima de tudo trazer benefícios a saúde dos consumidores. A aposta dessa vez é em oferecer um produto inovador na área de proteção contra raios solares.

Pesquisadores do centro de pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), comentaram recentemente sobre avanços na criação de protetores solares com pigmentação, onde permite a população brasileira escolher tons que se assemelhem a pele de cada pessoa.

“As peles com diferentes tons são para ajudar no desenvolvimento e a escolha dos fototipos. No Brasil, temos diferentes fototipos e sabemos que há diferentes tons de pele também. O produto com pigmento foi desenvolvido pra atender todos os tipos de pele e conseguir entregar pra consumidora aquela cor”, destacou Tássia Hanashiro – pesquisadora aliada ao projeto, em entrevista ao G1.

Os cidadãos, desta forma, podem além de usar um produto que não mostre estar aplicado ao rosto, ficar exposto ao celular, s luz de escritório ou de a luz excessiva de um computador, de uma forma que esteja protegido.

A revolução no setor traz também a inserção do repelente, que previne de doenças causadas pelo aedes aegypti, e os menos conhecidos pela população – como o Cúlex e o Anopheles. A tecnologia usada no produto previne entre elas, a zika, dengue e malária.

O alto índice de câncer de pele também preocupou os pesquisadores, que afirmam que o novo produto tem função importante no cuidado contra a doença que vem registrando um alto número de pessoas acometidas. O desenvolvimento do produto perdurou por mais de dois anos e vem ao mercado através de uma grande marca de cosméticos.

Nove milhões de pessoas pelo mundo tem HIV e não sabem; aponta OMS

O que está por trás da morte misteriosa do casal ‘Romeu e Julieta’ do Instagram?