in

Menina perde a vida em brinquedo e pais decidem tomar atitude

Entre mães e filhos

Depois que uma menina de apenas três anos de idade faleceu na Inglaterra ao brincar em um pula-pula inflável, uma discussão foi levantada entre pais sobre a segurança desses brinquedos. A criança foi arremessada para fora do castelo inflável e teve ferimentos graves em sua cabeça e veio a óbito. 

Ava-May Littleboy brincava no pula-pula, quando pessoas que estavam na praia contaram que ouviram um barulho como uma explosão e então a menina voou pelos ares. As testemunhas que presenciaram o acidente, contaram que até tentaram segurar a menina no momento em que ela caía, mas tudo aconteceu muito rápido e ninguém pôde fazer nada para ajudar a garotinha.

 “Todos começaram a gritar. Parecia uma cena em câmera lenta. A menininha estava no ar e ninguém podia fazer nada. Todos tentaram segurá-la, mas ela acabou caindo”, relatou  uma testemunha do incidente.

A criança foi socorrida e levada imediatamente para o hospital, mas acabou não resistindo aos ferimentos e faleceu. Um caso semelhante aconteceu em 2016, quando uma criança de sete anos morreu, também na Inglaterra, enquanto brincava em um pula-pula inflável que estava instalado em um parquinho. A criança voou pelos ares depois de um vento forte. A menina teve várias faturas e também não resistiu aos ferimentos.

Ao perceberem tantos acidentes acontecendo nos brinquedos infláveis, os pais tomaram uma decisão emocionante para quem vive o luto. Mesmo com a perda recentem, eles começaram a questionar a segurança desses brinquedos. A união dos pais pode inclusive reduzir o uso do brinquedo, já que muitos ficaram chocados com o acontecido.

No Brasil

Em 2018, em Belo Horizonte um menino de 10 anos também se feriu gravemente depois que o brinquedo inflável onde ele estava foi arremessado por uma rajada de vento, na região da Pampulha.

Written by clau.

Claudinha

Next post

Gêmeas mais idênticas do mundo querem casar e ENGRAVIDAR do mesmo homem

Truque do pano: método incrível para proteger os cães do barulho dos fogos de artifício