in

Truque do pano: método incrível para proteger os cães do barulho dos fogos de artifício

Portal Ethosanimal

Todos os anos os cães sofrem com os inevitáveis fogos de artifício de fim de ano. Quem tem os bichinhos em casa conhece bem o dilema de tranquilizar o animal durante a queima dos fogos, que produzem um barulho estressante para o ouvido do cão.

Antes de qualquer coisa, é importante ter em mente que a audição dos cães é quatro vezes mais potente que a do ser humano. Ou seja, os pets são muito mais sensíveis ao barulho que o seu dono. O que para o homem é apenas um ruído, para o cão pode ser um barulho ensurdecedor.

Quando submetidos aos sons emitidos por uma sequência de longos minutos de fogos de artifício, cada cachorro pode reagir de uma maneira diferente. Enquanto alguns apenas se mostram incomodados, outros podem desenvolver fobias e até mesmo síndrome do pânico.

Uma técnica muito simples, chamada Tellington Touch, promete amenizar o sofrimentos dos filhos de quatro patas. O método é baseado no fato de que os cães que possuem pavor ao barulho tem uma maior sensibilidade nas regiões das patas, das orelhas e na traseira.

A técnica consiste em envolver o cão com um pano, sem apertar muito, para que a circulação das extremidades do animal seja estimulada. Isso ameniza das tensões localizadas no dorso do animal e reduz a irritação do pet.  Veja como fazer:

POR QUE FUNCIONA?

De acordo com Helena Truksa, bióloga com foco em psicologia e especializada em comportamento animal na Ethos Animal, “os cães sentem-se mais seguros em locais pequenos e apertados, e as faixas e camisetas desenvolvidas com essa finalidade, simulam esta sensação.”

Também é importante ter em mente que o método visa apenas amenizar o desconforto do animal. É recomendável que os donos se mantenham atentos a qualquer alteração em seus pets durante a queima de fogos.

Leia Também

Written by Higor Mendes

Corretor de Imóveis, cursou até o 3º semestre de Engenharia de Pesca na Universidade Federal Rural da Amazônia e atualmente é graduando em História na UNP. Apaixonado por História da Segunda Guerra Mundial, Política, Futebol e curiosidades em geral.

Next post

Menina perde a vida em brinquedo e pais decidem tomar atitude

Maçonaria na igreja: esses pastores são maçons e você não sabia