in

Como foi decidido que janeiro seria o primeiro mês do ano

Getty Images.

O costume de festejar a virada do ano em janeiro se deve aos festivais pagãos romanos e ao calendário que o imperador Júlio César introduziu há dois mil anos. E, para que o essa decisão conseguisse atingir o mundo todo, o papa Gregorio XIII também tem seu crédito nessa história.

Tudo começou com um romanos. Para esse povo, janeiro era importante, porque é o mês batizado em homenagem ao deus Janus. Na mitologia romana, Janus é o deus de duas faces, dos começos e dos fins, das transições. Ou seja, um momento muito propício para uma ‘virada de ano’.

Janeiro também coincide com o tempo na Europa, quando os dias começam a se alongar após o solstício de inverno. “Para Roma, isso tinha uma ressonância poderosa, porque acontece depois daqueles terríveis dias curtos, quando o mundo está escuro, frio e nada cresce“, Diana Spencer, professora da Universidade de Birmingham, na Inglaterra.

Essa crença foi melhor disseminada quando os romanos ganharam mais poder e seu calendário passou a ser aplicado em todo império. Contudo, na Idade Média, a queda de Roma fortaleceu o cristianismo e o primeiro de janeiro foi considerado uma data muito pagã. 

A partir disso, muitos países dominados pelo cristianismo queriam que o Ano Novo acontecesse no dia 25 de março, já que é a data que marca a aparição do arcanjo Gabriel à Virgem Maria; ou seja, a concepção de Jesus Cristo. “Esse é o momento em que a história de Cristo começa, por isso faz muito sentido que o novo ano inicie aí“, ressalta a professora.

O papa

Já no século XVI, com o cristianismo e a Igreja já bem fortalecidos pelo mundo, o papa Gregório XIII introduziu o calendário gregoriano e o primeiro de janeiro foi reestabelecido como Ano Novo nos países católicos.

A Inglaterra, que era protestante, chegou a se rebelar contra a autoridade do papa e continuou a celebrar a passagem do ano no dia 25 de março até 1752. Naquele ano, um ato do Parlamento alinhou os britânicos com o resto da Europa. 

Dessa forma, hoje, a maioria dos países é governada pelo calendário gregoriano, e é por isso que grande parte do mundo celebra, juntos, a virada de cada ano no dia primeiro de janeiro.

Leia Também

Avatar

Written by Mayra Michel

Jornalista por formação e vocação. Apaixonada pelos desafios da escrita e pelo aprendizado diário do Português. Na caminhada da Comunicação desde 2004, ainda tem muito o que viver nessa profissão que "quem conhece, não esquece jamais" (sim, sou mineira!).

Next post

Após descobrir traição do marido, mulher ‘mita’ na web com ‘vingança’ inusitada

Saiba como emagrecer 10 kg em um mês e arrase no verão de forma saudável