in

Facebook tem um ‘arquivo secreto’ com todos os seus dados; saiba como ter acesso

Pixabay

Já se perguntou qual informação o Facebook está guardando sobre você? Bom, isso é bem fácil descobrir – mas você pode não gostar nadinha do que vai encontrar.

O Facebook armazena muitas informações sobre você, incluindo imagens anteriores, anúncios que você clicou, conversas, documentos compartilhados no Messenger e muito mais. Porém o Facebook não é o único a fazer isso, tenha isso em mente. O Google, por exemplo, também fica de olho em você.

Nick Whigham,  um repórter do New Zealand Herald, decidiu investigar o quanto o Facebook sabia sobre ele. Ele ficou surpreso ao descobrir que a plataforma havia coletado uma enorme quantidade de dados, alguns dos quais ele nem sabia que existiam.

“Incluía cópias digitalizadas de formulários de locação de uma propriedade de aluguel anterior que eu deveria ter enviado para meus amigos pelo Messenger, meu atual relatório de inquilino, uma declaração de faturamento mensal antiga da minha internet de casa, capturas de tela de transferências bancárias e páginas da Web aparentemente intermináveis e todas as conversas banais que já tive na plataforma ”, escreveu ele.

“É uma sensação estranha pensar que, de certa forma, o Facebook conhece você melhor do que você mesmo”, completou.

O site também armazena dados de reconhecimento facial, nomes e números da sua lista de contatos, onde você esteve na Internet e muito mais.

Você pode descobrir o cache de dados que o Facebook tem de você com bastante facilidade. Tudo o que você precisa fazer é clicar no pequeno triângulo “para baixo” no canto superior direito quando estiver logado no Facebook. A partir daqui, clique em ‘Configurações’, vá para a guia ‘Suas informações no Facebook’ e clique em “Baixe as suas informações” na parte inferior. Depois de mais ou menos uma hora, você receberá um e-mail informando que seus dados estão prontos para download.

O Facebook argumentou anteriormente que faz isso – abertamente, não em segredo – para manter a plataforma livre. Alguns podem estar confortáveis ​​com isso, outros não.

“Trabalhamos com empresas terceirizadas que nos ajudam a fornecer e melhorar nossos Serviços ou que usam publicidade ou produtos relacionados, o que torna possível operar nossas empresas e fornecer serviços gratuitos para pessoas em todo o mundo”, observa o Facebook em sua política de dados.

Se você está disposto a entregar as chaves da sua vida para Mark Zuckerberg, a fim de manter o Facebook livre, bem, isso é com você.

Leia Também

Next post

Não deixe essas 5 coisas controlarem a sua vida

Se você usa ‘janela anônima’ no seu navegador, temos más notícias