in

Mãe faz desabafo: ‘Torci pra ser só complicação de bebê prematuro, mas era muito pior’

Bebe mamae
Publicidade

Uma mãe resolveu fazer um desabafo sobre o drama que viveu com o filho, o pequeno Dominic. A criança enfrentou problemas raros após o seu nascimento. Inclusive, Meagan Wright disse que a sua gravidez foi bem complicada.

Ela enfrentou problemas com diabete gestacional, hiperemese gravídica e outras complicações. Além de todas essas dificuldades, com 33 semanas de gestação, ela entrou em trabalho de parto prematuro e precisou ser hospitalizada às pressas. A mãe fez um ultrassom e ficou constatado que o bebê tinha problemas no fígado e no coraçãozinho.

Publicidade

“Vários médicos começaram a examinar o ultrassom e quando me dei conta, já estava sendo encaminhada para uma cesárea de emergência!”, relatou Meagan. Quando o filho nasceu, os médicos puderam perceber que o quadro do pequeno era muito mais grave do que imaginavam.

O pequeno precisou ser encaminhado para a UTI neonatal assim que nasceu. “Quando ele nasceu estava bem roxinho e com manchas vermelhas em todo o corpo. Toda a sala cirúrgica ficou em silêncio. Eu pensei no pior, mas então ele deu um chorinho fraco e eu pensei: ‘graças a Deus ele está respirando!’”, disse a mãe.

Publicidade

Após ser submetido a vários exames, os profissionais descobriram que o problema do fígado fazia com que coração fosse aumentando de tamanho. Além disso, o pequeno também tinha má formação cerebral, o que acabou provocando um derrame na criança. Com todas as complicações, a família precisa lidar com a possibilidade do menino não sobreviver ou ter deficiência mental, cegueira e surdez.

Com a piora do quadro clínico do bebê, os pais receberam orientação para que os aparelhos fossem retirados. No entanto, para surpresa de todos, a criança ainda continuou lutando bravamente pela vida. Após três dias de luta o pequeno estava fora de risco.

“Ele estava fora do risco de morte e nós fizemos mais exames e descobrimos que as manchas vermelhas em seu corpo eram apenas marcas de nascença benignas. Mas mesmo assim elas nos causaram problemas, pois sangravam frequentemente fazendo com que meu filho precisasse de várias transfusões de sangue”, revelou a mãe.

Dominic foi se estabilizando e melhorando cada vez mais. No entanto, a previsão dos médicos se confirmaram e o pequeno realmente causou paralisia cerebral, perda da visão e alguns outros problemas. O garotinho vai precisar fazer uma cirurgia no cérebro, para tentar amenizar os transtornos do derrame. Apesar disso, Meagan segue confiante e acredita que tudo vai ficar bem.

Publicidade

Leia Também

Written by Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. "Busco levar a vida seguindo o manual do criador, a Bíblia".

Next post

Relembre 6 brothers que já foram expulsos da casa do BBB

Profecia se cumpre e céu ficará 3 dias em trevas em 2019? Entenda