in

Crime mais brutal dos EUA é resolvido após 55 anos, os detalhes assustam

Reprodução/Daily Mail

O ano era 1957, e um crime brutal chocou os Estados Unidos, na cidade de Sycamore, região rica do estado de Illinois. Maria Ridulph desapareceu de forma súbita. O que se descobriu nas investigações, 55 anos depois do crime, é macabro. A solução foi encontrada devido uma confissão dada no leito de morte da mãe do assassino.

Maria era uma menina alegre e querida por toda a vizinhança, na época do crime, tinha apenas 7 anos de idade. Segundo testemunhas que a viram momentos antes do sumiço, um jovem estranho se apresentou como Johnny, pegou a menina e colocou-a em suas costas, ele parecia brincar com a criança, mas depois disso ela sumiu.

Publicidade

Meses se passaram e as investigações intensas da polícia e angústia da família foram finalmente sanadas. O corpinho da pequena Maria foi encontrado totalmente dilacerado em um matagal perto do local onde ela desapareceu. A menina havia sido sufocada com um fio e esfaqueada repetidas vezes.

O caso foi tão horripilante que o próprio presidente do país, na época Dwight Eisenhower e o diretor do FBI Edgar Hoover, disse que era questão pessoal resolver o caso. Mas a família não conseguiu conforto. A polícia falhou na busca pelo assassino. Apenas 55 anos após o crime o caso teve solução.

Publicidade

A mãe do assassino confessou que mentiu

Isso porque em 2012, em seu leito de morte, a mãe de Johnny McCullough, um dos suspeitos do caso confessou que mentiu para a polícia sobre o álibi dele na época. O assassino revelado tinha 17 anos na época. Os pais dele deram um álibi dizendo que o rapaz estava com eles a 60 km da cidade na hora do desaparecimento, fazendo exames médicos.

Johnny foi preso enquanto trabalhava como guarda municipal, ele havia trocado de nome e recebeu a pena de prisão perpétua. Infelizmente os pais de Maria não viveram para ver a justiça sendo feita, mas o irmão da vítima compareceu ao julgamento e disse que finalmente sua irmã Maria poderá descansar em paz.

Publicidade

Leia Também

Written by Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.

Next post

Ex-sacerdotiza da igreja satânica e Taylor Swift são a mesma pessoa? Entenda

Doenças que podem ser transmitidas na relação íntima entre mulheres