in

Bombeiro que resgatou quatro sobreviventes em Brumadinho morreu?

Aconteceu

O número de mortos após a catástrofe de mineração que aconteceu em Brumadinho, Minas Gerais, subiu enquanto as autoridades continuam as buscas para localizar centenas de pessoas que ainda estão desaparecidas, de acordo com o último relatório divulgado pelos bombeiros. 

O porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, tenente Pedro Aihara, informou em entrevista coletiva que os serviços de resgate conseguiram recuperar 15 cadáveres apenas na quarta-feira, dos quais 10 estavam localizados na área de refeições da empresa Vale, responsável pela mina onde ocorreu o desastre. 

Vários dias depois da tragédia que já é considerada uma das maiores tragédias ambientais no Brasil, os socorristas vêem as chances de encontrar sobreviventes cada vez mais escassas.  A tragédia ocorreu na sexta-feira à tarde, na cidade de Brumadinho, no estado de Minas Gerais (sudeste), pela ruptura de uma das barragens da gigantesca mina de ferro Córrego do Feijão, na qual a Vale armazenou toneladas de resíduos minerais. 

Mais de 500 pessoas estão envolvidas em serviços de emergência, incluindo voluntários. Depois da catástrofe, a Justiça brasileira bloqueou cerca de 12 bilhões de reais (cerca de 3,18 bilhões de dólares) das contas da Vale para garantir o pagamento de indenização às vítimas e às reparações ambientais e os danos causados. 

A empresa anunciou ontem que vai “encerrar” todas as barragens que possuem um sistema de diques semelhante ao da mina de Brumadinho para “evitar novas tragédias” no futuro. 

Porém, muitos sites e blogs de baixa qualidade estão se aproveitando da tragédia e lançando fake news na tentativa de buscar novos leitores.
Tal caso é de um bombeiro que morre após salvar quatro sobreviventes da tragédia. Porém, essa notícia não é verdade, Nenhum dos envolvidos no resgate das vítimas de Brumadinho morreu.

A alegada feke news relata que, o bombeiro que morre durante o resgate foi identificado como Francisco Aguinaldo, de 33 anos, mais conhecido popularmente como ‘Alagoano’, que veio do estado de Alagoas para ajudar no resgaste. Mas de acordo com as autoridades de Brumadinho, nenhum bombeiro morreu.

Leia Também

Written by Francisco Nunes

Barbeiro profissional, e nas horas vagas trabalho como freelancer.

Next post

5 fotos que mostram como a vida pode ser decepcionante

Bonecas com vitiligo fazem sucesso e ajudam as crianças a se amarem do jeitinho que são